29 de abr de 2010

Dieta sem carboidratos faz mal à saúde, diz estudo

As dietas com baixo consumo de carboidratos podem causar problemas graves de saúde, segundo médicos americanos.


Em um artigo publicado na revista científica Lancet, especialistas de Nova York descreveram o caso de uma mulher de 40 anos que seguia a dieta de Atkins, e acabou desenvolvendo um problema grave no sangue.
A paciente recebeu tratamento em um hospital de Nova York e apresentava um quadro de obesidade. Ela seguia rigorosamente a dieta de Atkins para perder peso e havia tomado todas as precauções, como o consumo de vitaminas e outros suplementos.
A paciente chegou ao setor de emergência do hospital Lennox Hill em fevereiro de 2004, depois de queixar-se de dificuldades para respirar. Seu estado de saúde piorou e ela foi levada para o centro de terapia intensiva.

Antes de ser internada, a paciente apresentou perda de apetite e sentia náuseas, vomitando de quatro a seis vezes por dia.
Exames confirmaram que a paciente estava com cetoacidose, um problema grave que ocorre quando os níveis de substâncias ácidas chamadas cetonas se acumulam no sangue.
Estas substâncias são produzidas quando os níveis de insulina caem devido à falta de alimentação ou diabetes.

Saudável

Médicos especialistas em saúde pública afirmaram no artigo publicado na Lancet que dietas com baixo consumo de carboidratos estão "longe do conceito de saudável".
Uma porta-voz para a Fundação Atkins afirmou que a dieta não causa problemas de saúde como os descritos.
A dieta de Atkins sugere que é possível perder peso cortando o consumo de carboidratos.

No caso da paciente, os médicos concluíram que a dieta de Atkins era a causa principal do problema.
"Nossa paciente teve uma cetose causada pela dieta de Atkins e desenvolveu quadro grave de cetoacidose, possivelmente quando seu consumo oral estava comprometido devido a uma leve inflamação do pâncreas ou gastroenterite", escreveu o professor Klaus-Dieter Lessnau, que liderou a equipe da Faculdade de Medicina de Nova York.
"Este problema poderá ser mais fácil de reconhecer, pois esta dieta está cada vez mais popular no mundo inteiro", acrescentou.

Durante um mês, antes de ser internada, a paciente teria consumido apenas carne, queijo e saladas, segundo os médicos, e fazia testes caseiros de urina duas vezes por dia.
Com a dieta, a paciente conseguiu emagrecer nove quilos.
"Estas dietas aumentam a carga de proteína nos rins e alteram o equilíbrio ácido do corpo, que pode resultar em perda de minerais de depósitos nos ossos e comprometer a integridade óssea", disseram as médicas Lyn Steffen e Jennifer Nettleton, da Universidade de Minnesota e da Faculdade de Saúde Pública de Minneápolis, respectivamente.

A médica Abby Bloch, vice-presidente para programas e pesquisas na Fundação Robert C. Atkins, disse à BBC que a dieta não poderia ter causado o problema de saúde da paciente.
A médica afirmou que milhões de pessoas fazem dietas com baixo consumo de carboidratos sem apresentar problemas de saúde.
Bloch acrescentou que comentários "preocupantes" e "inadequados" foram feitos na revista Lancet a respeito de alegações sobre os efeitos colaterais de dietas com baixo consumo de carboidratos, que foram questionadas em muitos estudos.

Fonte: BBC

0 comentários:

Postar um comentário

 

Fazer Mais Fácil Template by Ipietoon Cute Blog Design